O transporte público é uma das coisas mais caras de Londres.

Londres é uma cidade cara mesmo, para quem faz o câmbio do real para a libra sofre mais ainda! Com isso em mente, preparei dicas que aprendi morando em Londres que me ajudavam a economizar no transporte.

Uma das coisas simples mais legais que podemos fazer em Londres é andar de ônibus dois andares e metrô e ouvir o “mind the gap”.

Oyster Card

Para usar o transporte público em Londres você precisa comprar o cartão Oyster ou ter um cartão de débito/crédito com a tecnologia contactless. Se seu celular tem a tecnologia NFC e seu banco tem essa opção, você também pode usar seu celular para pagar o ônibus ou trem.

*Nunca esqueça de validar o oyster ou cartão na saída dos trens e metrôs, do contrário a empresa pode te cobrar o preço da viagem até a última zona. Cuidado!

travel_oyster_tap-camilalatorreblog
Você localiza na estação esse aparelho e encosta seu cartão

Os ônibus não aceitam dinheiro e os passes individuais são mais caros.

O Oyster custa 5 libras e você pode devolvê-lo ao fim da viagem, desde que não tenha mais de 9,99 libras de crédito.

Quando cheguei já era noite London City Airport e só pude comprar o Oyster, mesmo no guichê, com o cartão. O crédito consegui carregar em dinheiro. Você escolhe a opção Top Up e escolhe a quantidade de dinheiro.

Nos demais dias você pode colocar créditos no seu Oyster em qualquer loja que tenha o adesivo de Oyster Top Up.

Cadastre seu Oyster Card no site https://oyster.tfl.gov.uk/oyster para que você consiga conferir seus gastos ou até salvar seu saldo, caso você perca o cartão.

Dica minha especial: não compensa pagar iof no cartão de crédito para esse fim, fica muito caro.

Ônibus de dois andares

P_20181218_205534-e1573431561678-750x1000
Sempre tem um espírito de porco para sujar os ônibus

Atualmente a tarifa de ônibus é £ 1,50. Como no Brasil, em Londres você pode pegar outro ônibus ou bonde no período de 1h sem pagar outra tarifa, aproveite e se planeje nos destinos.

Outro benefício dos ônibus é o limite de gasto diário dentro de Londres: você não gasta mais que £ 4,50 por dia. Quando eu cheguei em Londres e descobri isso economizei muitas libras.

Economizei libras e perdi uns minutos. O trânsito pode te roubar alguns minutos preciosos, por isso quando pensar no seu roteiro tente otimizá-lo ao máximo para economizar sem perder muito tempo.

Metrô e DLR (bonde)

Os trens e o metrô também têm uma tarifa especial de acordo com as zonas que você faz a viagem.

P_20181219_141321-e1573430362283-750x1000

As tarifas de metrô com o Oyster custam 2,90 e se você comprar avulsa no guichê pagará 4,90.

As tarifas do trem também começam em 2,90.

Londres é dividida em 9 zonas e quanto mais longe do centro mais cara fica a tarifa. Em geral as partes turísticas ficam nas zonas 1 e 2, nesse cenário o máximo que você pagará por dia é 7 libras.

As crianças menores de 11 anos não pagam para usar o transporte em Londres, é só passar com o adulto e este pagar a tarifa. Crianças maiores de 11 anos até 15 podem utilizar um oyster especial com tarifa 50% menor.

Você compra o oyster e pede para cadastrar no guichê de atendimento do metrô, centros de visitantes e na Victoria Station, como Young Visitor Discount. Não é necessário comprovar a idade do adolescente.

Balsas

Pouco se fala sobre, mas é possível também usar as balsas para se locomover no Tâmisa. Segue a tabela de preços e locais onde você pode utilizá-las.

Zona AdultoAdulto Oyster/Contactless/App/Desconto
Central £8.70 £7.00 £1.70
East £4.80 £4.40 £0.40
West £4.80 £4.40 £0.50
Central & East £10.00 £7.30 £2.70
Central & West £10.00 £8.20 £1.80
All Zones £10.30 £9.00 £1.30

Após saber de todas as opções de meios de transportes disponíveis, há opções destinadas aos turistas que podem ser vantajosas.

Travel Pass

O Travel Card e pode ser uma opção econômica em viagens mais longas. Ele é aceito em todos os meios disponíveis exceto nas balsas (onde você consegue 30% no preço direto no guichê).

travelcard-camila-latorre-blog
É só ir passando ele nos leitores dentro das estações e no ônibus

Para menos de 5 dias, dependo do seu roteiro, é mais vantagem utilizar passes avulso ou utilizar o limite diário dos ônibus e demais. Para quem fica mais tempo considere os Travel Pass.

O Travel Card oferece as seguintes opções:

  • Day travelcard zona 1,2,3 e 4 – 13,10
  • Day travelcard até a zona 5 e 6 – 18,60

7 day Travelcard

Se você optar pelo 7 day Travelcard você pode comprar por zonas também conforme abaixo:

  • Zona 1 e 2 – 35,10
  • Até a zona 3 – 41,20
  • Até a zona 4 – 50,50
  • Até a zona 5 – 60,00
  • Até a zona 6 – 64,20

Atenção: a maioria dos aeroportos tem a opção de metrô, bonde ou trem. Os trens metropolitanos que ligam os aeroportos a região de Londres têm tarifas diferente e não podem ser pagos com o oyster ou contactless.

Outra dica sobre o trem do Luton ou Southend é que o último trem saindo desse pontos é por volta das 22 horas. Procure saber o horário certo do seu desembarque para evitar ter que pagar por um taxi ou uber.

Para ir para o Luton, por exemplo, pagamos 17 libras cada e deveríamos comprar o ticket no guichê, porém achamos que o oyster ia ser aceito e quase levamos uma multa da fiscal. A multa é o dobro do valor da tarifa.

Para o Heathrow, por exemplo, você consegue pagar com o oyster e os valores variam de acordo com os horários, entre £ 3,10 e £5,10 em horários de pico.

Quando eu cheguei em Londres eu desci no City Airport, que é dentro de Londres , e eu peguei o bonde (DLR) e depois um ônibus até o Airbnb.

Olha, não vou explicar nada do mapa de metrô pelo simples motivo: eu não aprendi direito ainda rsrs Agradeço todos os dias pelos aplicativos e pelo Google.

Além de focar nos custos vamos as dicas de aplicativos e como encontrar os pontos de ônibus com facilidade.

Aplicativos

Para saber as melhores opções de transporte eu uso o Citymapper e o Google Maps. O Citymapper é muito útil, ele informa diversas formas de trajetos e não só de ônibus ou metrô, mas também de taxi e uber.

landingpage-carousel-uk-london-camila-latorre-blog1

O Citymapper disponibiliza horários, rotas, tempo até a chegada, pontos e etc. Baixe o Citymapper que irá te ajudar demais.

Na verdade o Citymapper oferece um Travelpass próprio! Essa opção é apenas para a cidade de Londres até o momento.

pass-card-header@2x

Pois é, você pode comprar um passe direto com o Citymapper para utilizar o transporte público da cidade. Você escolhe as zonas que deseja transitar e compra o cartão.

Para quem tem Googlepay também é possível usar o celular para pagar (desde que o aparelho tenha a tecnologia NFC).

Há o passe que custa 31 libras por semana e tem transporte ilimitado para metrô, ônibus e trêm nas zonas 1 e 2. Uma outra opção um pouco mais cara te permite utilizar as bicicletas do Santander, por exemplo.

Achei o máximo e queria que tivesse essa opção quando cheguei ano passado rsrs.

O Google Maps é um coringa e fica quase impossível se perder (as vezes ele perde o sinal ou sei lá o quê). Recomendo antes de sair pesquisar o trajeto nos dois aplicativos para ver se há melhores opções.

Acerte no ponto

Para acertar nos pontos de ônibus em Londres você precisa se atentar as letras que ficam acima dos postes onde há a informação dos horários e itinerário. É só localiza a letras, que está na ordem alfabética.

ponto-bus-londres-camila-latorre-blog-e1573439585731-556x1000
Procure o número do ônibus e a letra indicada na parte superior das placas

Dentro do trem e metrô há todas as informações que você precisa para se localizar, para saber qual a plataforma, fique atento pois estão cada dia mais comuns atrasos nos metrô e principalmente nos trens.

mapa-metro-londres-camilalatorreblog-1
Use as cores para ajudar a se localizar

Não passe na catrata antes de verificar se o trem está previsto. Já tive meu dia de estresse. Você pode chegar e ficar perdido na plataforma, o aplicativo não identifica que irá atrasar e às vezes, nem os funcionários sabem o que deve ser feito.

Se acontecer com você, o fiscal ou funcionário da concessionária irá liberar sua saída e entrada em outra plataforma.

Dicas Extras

O transporte em Londres funciona bem, com muitas opções e é muito eficiente.

Vou encerrar esse post com mais umas dicas extras aqui abaixo.

  • Se você comprar seu travelcard na segunda as 11 da manhã ele é válido até as 4:29 da manhã de terça;
  • Comprando os tickets de ônibus ou trem para o aeroporto com antencedência você paga mais barato;
  • Alguns dos ônibus param de rodar durante a noite e o itinerário dos Night Bus é ampliado;
  • Você pode comprar só um trecho ou ida e volta dos aeroportos;
  • Os ônibus que saem dos aeroportos e te deixam na região central de Londres cobram pelas bagagem em excesso: é permitido uma mala de mão de 5kg e uma grande de 23kg;

Espero ter ajudado com essas dicas e informações e quando eu aprender a dominar o mapa do metrô eu volto aqui e conto!

Até o próximo post.

 

 

 

pinit_fg_en_rect_red_28