As curiosidades sobre Londres que listei aqui foram algumas das coisas que mais me deixaram impactada ao chegar.

A Grã-Bretanha já dominou quase a metade do mundo, seria normal que um pouco de seus costumes e tradições se mantivessem espalhados por aí.

Não vou abordar aqui sobre curiosidades culturais, apenas coisas diárias e percepções minhas sobre casa e comida.

Primeiro, gostaria de informar que esse negócio de dirigir do outro lado da rua quase me matou no segundo dia de viagem. Até aí o vacilo foi meu rsrs

Quando chegamos aqui em dezembro ficamos num airbnb, num bairro ao sul do Tâmisa, numa casa bem comum para sabermos como seriam nossas opções de vida aqui.

Banheiros

As primeiras curiosidades foram ao entrar no banheiro.

Não há interruptor ou tomadas nos banheiros britânicos. Sim, se você quiser usar o barbeador, secador de cabelo. A regulamentação das construções aqui não permite que os banheiros possuam nada que possa causar acidentes.

E também temos aquelas tomadas enormes, com três pinos retângulares e com um interruptor para ligar e desligar. Achei o interruptor uma coisa legal, devíamos adotar no Brasil.

Os interruptores são ao lado de fora ou em corda (lembra das descargas de antigamente, que a gente puxava uma cordinha?) Então, para ligar a luz na casa do airbnb era assim. Aqui em casa o interruptor é na parede de fora, porém o exaustor é com essa cordinha.

Ah seco os cabelos no quarto rsrs

Ainda no banheiro, hora de lavar as mãos e sinceramente não consigo entender o motivo para esse uso. As casas mais antigas possuem uma torneira para água quente e outro para água fria. Faz sentindo? Nenhum…

Sério mesmo, custei a conseguir me entender com a água da pia, queimei a mão, congelei a mão enfim, não entendi até hoje.

Vamos sair do banheiro e explorar o restante da casa.

Taxa de TV

Na sala, se você quiser ter uma televisão e assistir programas da BBC por exemplo, você terá que pagar uma taxa anual de £154,50 . Sim, para a tv comum mesmo. Curiosidades de Londres? Pode ser!

Aqui em casa nós não pagamos, e inclusive recebemos uma cartinha nos informando que poderia vir um fiscal verificar se realmente não estávamos consumindo nenhum tipo de programação ao vivo.

Estamos aguardando visita do inspetor.

Comidas

Vamos à comida, o famoso café da manhã britânico. Aqueles cafés que para nós brasileiros parece almoço. Ovos, bacon, torradas, linguiça e feijão, mas péra, é um feijão feito no molho de tomate! Sim, o feijão fica adocicado, pois ele é feito no molho de tomate e o pessoal não costuma usar muito sal na comida por aqui.

feijao-ingles-camila-latorre-blog-e1560436496571-768x1024

Eu achei estranho na primeira tentativa rsrs depois consegui comer. Não achei gostoso, mas ok. Aquelas coisas que a gente precisa provar.

Londres é conhecida por ser um centro cultural, já foi literalmente o centro do mundo (o meridiano de Greenwich divide o globo em ocidente e oriente fica no lado sul do Tâmisa) e atualmente a cidade abriga praticamente todas as etnias e populações do planeta.

Londres multi idiomas

Uma das curiosidades daqui é andar na rua, no ônibus ou metrô e ouvir diversos idiomas, que a gente nem consegue identificar as vezes. Sim, cada um falando uma língua, uma doideira e ao mesmo tempo nos impede de espiar as conversas alheias rsrs.

Com certeza há muitas coisas e atitudes que só são comuns para nós brasileiros e poderiam (e são) material para textos como esse por outras pessoas.

Ainda mais no Brasil, uma país tão grande e diverso.

Quando a gente chega num país diferente do nosso, a gente pode ter até um choque no primeiro momento, mas é fundamental para nossa adaptação olhar com olhos da curiosidade e buscar em assimilar o máximo do novo.

É um exercício legal, as vezes desafiador.

Até o próximo post.

pinit_fg_en_rect_red_28