mala

11 dicas para arrumar as malas

Saiba aqui das 11 dicas que eu uso quando vou viajar e preciso arrumar as malas. Nada de outro mundo, mas que com certeza vai te ajudar a se organizar melhor.

Atualmente a gente nem pode levar muitas coisas a mais na mala, devido as limitações de peso e preço das bagagens, principalmente nos aeroportos.

Eu tenho ficado sempre com raiva nessas horas rsrs, as vezes 1 blusa é a diferença entre usar mala de mão ou ter que despachar.

As dicas que elenquei abaixo são minha base de preparação para toda viagem, nacional ou internacional.

camilalatorre blog malas


1 –    Pesquise sobre o local para o qual irá viajar

Parece meio obvio né… Mas não é! Pesquise como as pessoas costumam se vestir (há países, por exemplo, que mulheres não devem usar short ou saia curta ou devem cobrir a cabeça e etc.).

Pesquise o clima (uma média de uma semana) antes da viagem é possível maior nível de acerto meteorológico.

Já aconteceu comigo uma vez, em Miami, a previsão era chuva e fez um sol escaldante então mesmo que a previsão seja de um jeito, leve pelo menos uma muda de roupas para clima oposto.


2 –      Pesquise sobre os tipos de passeios que você pretende fazer

Procure saber se irá andar por longos períodos, se irá a algum evento que precisa de um tipo de vestimenta específica ou preparação de alguma forma que precisa ser feita antes do passeio.

A última vez que levei um salto ao arrumar as malas foi na minha lua de mel para Orlando em 2014.

mala


3 –      Check list de documentos necessários

Passaporte, cartão de embarque ou código do voo, carteira de motorista ou identidade, vistos e autorizações, certificado de vacinação, dados da hospedagem, aluguel de veículos, seguro viagem e etc.

Eu sempre tiro foto do passaporte e mando pro meu próprio e-mail, se por acaso você perder irá lhe ajudar no consulado. É bom ter todos os documentos no email caso você precise.

Confira antes de sair de casa se todos os documentos estão mesmo com você e não arrisque perder a viagem ou atrasá-la. Faca mesmo uma lista e confira item por item no dia anterior do embarque.

4 –      Arrumar as malas sempre deixando um “espacinho”

Não sei você, mas eu nunca (nunca mesmo) consegui voltar com a mala do mesmo jeito que foi hahahaha. Nem só porque comprei algo durante a viagem, sei lá, parece que roupa suja pesa mais e ocupa mais espaço!

Também costumo levar um saco de TNT (desses que vem bolsas e sapatos) ou um saco plástico mesmo para separar as roupas sujas. Ajuda a manter a mala limpa e não confundir com as outras roupas.

5 –      Organize a mala e faça um check list com os itens principais

Dá trabalho, mas ajuda se der ruim com sua mala. Eu costumo anotar a quantidade de roupas/sapato por dia, filtro solar, pelo menos uma blusa mais quentinha, band-aid que muito útil e já tenho coleção de caixas que comprei por ter me esquecido.

Eu sempre coloco os itens de beleza higiene num ziplock ou saco plástico (pode ser que vazem é caso aconteça, a mala vira um caos). Nesse post aqui eu indico o aplicativo Pack Point para fazer essas listas.

Também uso uns sacos à vácuo para colocar os casacos mais pesados, salva um bom espaço.

Uma outra dica é ter uma balança de bolso, você encontra com facilidade e te ajuda a não passar sufoco na área de embarque.

6 –      Remédios

Nem sempre é fácil comprar remédios fora do país, nem sempre às substâncias são fáceis de localizar ou permitidas.

Levo os básicos: dor de cabeça, dor muscular, febre, antialérgico, para enjôo, gases, remédios que você usa normalmente (não esqueça o anticoncepcional) e etc.

Em geral levo os remédios na mala de mão, desde que eles obedeçam aos limites de líquido e estejam em ziplock não há problema.


7 –      Disposição das coisas

Em geral eu coloco os itens na mala nessa ordem: sapatos, jeans e casacos produtos de beleza e higiene e demais; também gosto de enrolar as roupas para não amassarem.

P 20181128 002454 1

Lembre-se que as malas são arremessadas de um lado para o outro então é bom deixa secador e maquiagens bem firmes e de preferência enrolados nas calcas e blusas.

8 –      Cortador de unha e afins

Sempre na mala a ser despachada ou do contrário você fica sem ele. Tente puxar pela memória e lembrar quantas vezes você precisou de alicate, pinça ou cortador de unhas e não tinha? Triste ter que comprar sempre.

Esse item é mais para viagens mais longas, uma viagem de até 5 dias é menos provável precisar destes itens.

9 –      Atenção ao peso das malas

É sempre bom pensar que você irá carregar a sua mala, então pense no peso e pondere se tudo que está separando realmente será necessário.  

Claro que você precisa se atentar também ao limite da companhia aérea.

Sempre confira no site da cia aérea, a Tap, por exemplo, para voos na Europa o limite para malas despachadas é 20kg e para voos do e para o Brasil é 23kg. Malas de mão também tem diferenças entre as cias.

Se for possível vá com o calçado e o casaco mais pesado. Já vi gente (a.k.a eu mesma) passando perrengue na esteira porque não aguentava o peso da mala, então considere antes de escolher.

10-   Lavanderia

Como a regra de bagagens mudou, os 23kg que nos é permitido despachar podem nos impedir de carregar as roupas a mais para uma viagem mais longa ou acessórios especiais para algum local muito frio.

Na maioria das cidades é possível lavar roupa em lavanderias ou mesmo no local onde você estará hospedado.

Atente-se para as etiquetas, pois na maioria das vezes você irá lavar e secar a roupa,  não faca como eu que teve as roupas encolhidas hahaha.

11-   Eletrônicos e elétricos

Verifique qual a voltagem da eletricidade no local que você irá e o modelo de tomada.

Vale a pena comprar um adaptador de tomadas universal e investir em itens bivolt, a maioria dos países será 220v ou 127v. Já queimei um secador de cabelos por me esquecer de trocar a chave que ele possuía para alterar a voltagem.

Separe também os carregadores de celular, câmera e demais na hora de arrumar as malas.

Essas dicas são as que eu mais uso quando vou viajar, é o que eu realmente faço arrumando as malas e pode dar um pouco mais de trabalho, mas te ajuda a não esquecer coisas importantes ou ter prejuízos.

Agora, fala se eu não aprendi na prática a me organizar assim? hahaha já passei muito perrengue.

Me conta se tem alguma coisa que você faça além das que eu mencionei aqui.

Até mais! 

Deixe uma resposta